Mês: setembro 2015 (Página 1 de 2)

“processo de paz”

http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/foro-de-sao-paulo/16084-2015-09-29-15-11-34.html

Juan Manuel Santos entrega a Colômbia, num pacto diabólico com o chefão das FARC, Timochenko, sob as “bênçãos” do ditador Raúl Castro.
Foto: Orlando Barria/ultimahora.es

Há pouco mais de 3 anos de mentiras, acordos secretos e promessas não cumpridas desde que iniciou-se o chamado “processo de paz” em Havana entre o governo colombiano e as FARC. E no dia 23 de setembro, Juan Manuel Santos e o camarada Timoleón Jiménez, vulgo Timochenko – o chefão das FARC -, assinaram o acordo que poria fim ao conflito e apertaram as mãos como amigos, sob os sorrisos e aplausos do ditador Raúl Castro e mais alguns seletos convidados.

Durante todo esse tempo os terroristas não cumpriram uma só promessa feita, assassinaram policiais e militares, praticaram atos de terrorismo, seqüestraram inocentes, recrutaram menores para servir de bucha de canhão e, inclusive, praticaram atentados na capital do país, Bogotá. Santos não tomou nenhuma atitude repressiva e continuou com a farsa como se nada tivesse ocorrido porque nesse malfadado processo de “paz” quem comanda e dá as ordens são os terroristas.

 

No ano passado Santos anunciou que iria ampliar a definição de delitos políticos para incluir o tráfico de drogas, de modo que as FARC pudessem alegar a seu favor, como já fazem, que não são narcotraficantes, mas “atores políticos”. A população reagiu com veemência e Santos desmentiu que havia proposto isso, mas há provas documentais, em jornais e vídeos. Agora isso faz parte dos “arranjos” com as FARC que também contempla a não-extradição. Para se safar do que reza a Constituição Santos propôs, ao estilo Chávez e Maduro, que o Congresso aprove uma lei que lhe permita governar por decreto por um período de 6 meses, para que ele possa ditar a implementação do acordo sem que ninguém, nem o parlamento, nem a Justiça, nem o povo, tenha a quem se queixar e nem mesmo o Tribunal Penal Internacional possa interferir.

 

Nesse encontro em Havana concordaram que dentro de 6 meses o acordo será assinado pelas partes e entrará em vigor. Entretanto, o que está sendo engendrado em Cuba é um crime de lesa-pátria, uma entrega total e irreversível da democracia colombiana nas mãos de facínoras que cometeram crimes de lesa-humanidade e sairão disso totalmente impunes, uma vez que não vão ser julgados pela justiça comum mas por um tribunal especial criado exclusivamente para esse fim, composto de magistrados de terceiros países que ninguém sabe quem são nem de onde provêm, e com uma lei especialmente criada para julgar os crimes dos terroristas.

 

Do que se sabe resumidamente, porque o público não toma conhecimento de todo o teor, mas somente daquilo que as FARC permitem que seja divulgado, os crimes atrozes não serão punidos, podendo pagar penas que vão 5 a 8 anos mas não no cárcere e sim em escritórios, fazendas e outros lugares abertos onde tenham liberdade, realizando “trabalhos sociais”. E isso se declararem “a verdade” sobre as acusações e admitirem suas culpas. Caso contrário, a pena aumenta para no máximo 20 anos em cárcere, uma lei feita à medida de suas vontades, pois é evidente que todos vão se declarar culpados.

 

Entrega de armas, reparação às milhares de vítimas, fim do comércio e fabricação de drogas? Nem pensar! Nada disso foi contemplado no tal “acordo”, nem a expropriação do gigantesco patrimônio adquirido com o sangue de mais de 200 mil vítimas ao longo de 50 anos. Entretanto, a postulação política a qualquer cargo está assegurada, tanto para a guerrilheirada miúda como para os chefões do Secretariado. Além dessas aberrações, os militares e policiais vão ser equiparados aos terroristas no julgamento, colocando aqueles que defenderam a Pátria com os agressores no mesmo balaio. Também está sendo elaborada uma revisão formal e total da doutrina militar, para “adaptar” as Forças Militares ao chamado “pós-conflito”.

 

Apenas 24 horas depois desse show macabro em Havana, a agência oficiosa das FARC, ANNCOL, já fazia ameaças aos banqueiros, industriais, empresários, ministros e o ex-presidente Uribe, alegando que estes deviam “acolher a Jurisdição Especial de Paz”, e que Uribe também deveria “se confessar, reparar ‘suas vítimas’ e se re-socializar”.

 

Enquanto isso, o mundo livre aplaude e felicita o traidor Santos e as FARC. Obama aplaudiu mas não deixou Bin Laden continuar cometendo seus crimes. Os presidentes do Foro de São Paulo aplaudiram porque são sócios e comparsas das FARC. E muitos colombianos já dizem que o pior que aconteceu à Colômbia não foi a guerra, mas a paz de Santos. A paz dos cemitérios.melou

A VERDADE SOBRE COMUNISMO

A VERDADE SOBRE REGIME MILITAR

A VERDADE SOBRE 64

ULTIMAS NOTICIAS

PCDOB

http://ataqueaberto.blogspot.com.br/2015/09/pc-do-b-comandando-as-ffaa-hora-da.html?spref=fb

 

Milton Pires
A notícia mais importante do dia é, sem dúvida alguma, a possível nomeação de Aldo Rebelo, um deputado filiado ao Partido Comunista do Brasil (PC do B) como futuro Ministro da Defesa. Mais grave ainda é o fato de tal nomeação dar-se em pleno vigor do Decreto 8515 que entrega, como todos sabemos, todo comando das Forças Armadas ao titular dessa pasta.
O PC do B nasceu em 1961 a partir de uma divisão interna do PCB (Partido Comunista Brasileiro) e foi, durante toda sua história,  a versão do comunismo chinês dentro da nossa Nação. Seus membros estiveram diretamente envolvidos com a luta armada no final da década de 60 e 70 e com os crimes praticados contra militares e contra a população civil.
Nada pode ser mais triste, nada pode ser mais vergonhoso para história das Forças Armadas Brasileiras (FFAA) do que aceitar um comunista no seu comando. Choram os pracinhas, choram os veteranos do Canal de Suez e os parentes daqueles que morreram (como soldado Mário Kozel Filho) pelas mãos dos bandidos comunistas e dos atentados que eles praticaram com dinheiro e armas roubadas sempre argumentando que “lutavam pela democracia”.
Com a nomeação de Rebelo para o Ministério da Defesa, as FFAA estão diante de um dilema: ou manifestam-se agora rejeitando o plano desse Governo Criminoso ou vão, como eu já disse, passar fome e se tornar um “Exército Fantasma” que já não vai mais contar com a confiança e muito menos com o apoio dos brasileiros que pedem por Intervenção Militar.
Deus me livre de pedir intervenção militar para  comandantes que aceitaram, passivamente, a nomeação de Rebelo para o Ministério da Defesa. Como podemo confiar em generais assim ? Que segurança podemos ter que estarão ao lado do povo brasileiro numa luta contra a tirania petista??
Fico imaginando o que vai dizer agora o Comandante do Exército, o mesmo General Villas Boas que debochou dos intervencionistas insistindo em dizer que o Exército está ao lado do povo e da Constituição. Como pode o senhor, aceitando ordens de um comunista, estar do lado do povo e do Estado de Direito, Senhor  General ??
Chegou o momento das FFAA mostrarem de que lado estão. Calando-se e aceitando passivamente as ordens do PC do B, todos nós temos o direito de não mais confiar no nosso Exército e de desistir de se postar em frente aos quartéis clamando por intervenção.  Rebelo é um militante do PC do B e o único lugar que poderia ocupar ao entrar num quartel é a cadeia ! Militar algum, que tenha vergonha na cara e honre a farda que use pode aceitar ordens de um sujeito assim. Chegou a hora da decisão ! Não há mais o que esconder daqueles que ainda confiam em vocês.
30 de setembro de 2015. 

DEIXE SUA IDEIA

IDEIAS

SITE DEMOCRÁTICO DEIXE SUA IDEIA AQUI PARA AJUDAR O BRASIL!

GRUPOS NO FACEBOOK

 

 

O BRAZIL DE FORA DO BRASIL

photo

https://www.facebook.com/obrazildeforadobrasil?fref=ts

 

 

O BRASIL E NOSSO

12019965_1497102903937359_5383259323552881513_n

https://www.facebook.com/O-Brasil-%C3%A9-Nosso-992683377458583/timeline/

 

 

NOVA REDE SOCIAL

A mídia social LIBERDADE.DIGITAL atingiu a marca de 1000 usuários, 48 horasapós o seu lançamento oficial. Segundo um dos criadores do projeto, o engenheiro de softwares Flavio Garcia, o LIBERDADE.DIGITAL é uma alternativa para as mídias sociais já consagradas, possibilitando total segurança na utilização do serviço com uma tecnologia de Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro. É o mesmo sistema usado em websites de instituições bancárias para armazenar a senha do usuario através de chave de segurança. O chat utiliza criptografia nas trocas de mensagens impedindo que qualquer pessoa invada e tenha acesso nas conversas entre os usuários.

O LIBERDADE.DIGITAL é baseado no conhecido projeto de open source Diaspora, criado por jovens norte-americanos com o objetivo de ser a antítese do Facebook e possibilitar as pessoas o controle de suas próprias informações disponibilizadas por elas na rede social.

LIBERDADE.DIGITAL

https://liberdade.digital/

RADIOS

http://tntradioweb.com/

 

http://radiovox.org/

 

brasillll

http://redemovimento.com.br/

 

http://www.fleximidia.net/

http://toptimewebradio.radiostream123.com/

 

 

 

LIBERDADE DE EXPRESSAO

Publicado em 22 de jun de 2015

Aula ministrada em 6/5/2015 pela Professora Doutora Janaína Paschoal, no Curso “Ciberterrorismo”. Evento realizado de 6 a 8 de maio de 2015, no auditório da Escola de Magistrados da Justiça Federal da Terceira Região. O Desembargador Federal Fausto De Sanctis, coordenador do evento, participou na mesa de abertura.

CLIQUE NO LINK E ASSISTA

 

https://www.youtube.com/watch?v=HMi4HOqlvmk

 

 

Página 1 de 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén